segunda-feira, 28 de maio de 2018

INSCRIÇÕES ABERTAS

O VIII Sul em Contato será de 12 a 14 de outubro de 2018


O Sul em Contato é um projeto que acontece desde 2009. Um encontro para prática e aperfeiçoamento de bailarinos, atores e interessados na dança Contato Improvisação. Nesta oitava edição trazemos as crianças como inspiração, o lúdico na dança e a inclusão dos pequenos na prática de Contato e outras atividades. Nas aulas do Intensivo da manhã direcionaremos a atenção aos adultos buscando a alegria de suas crianças internas com a professora argentina Marisa Fernandez. Nas tardes teremos atividades integrando crianças e adultos através da dança, da música, do circo, dos desenhos e da capoeira. E as noites estarão reservadas para jams onde todos poderão participar. Cada adulto inscrito poderá levar uma criança nas atividades da tarde. Estas também serão abertas ao público que quiser participar somente de uma ou mais atividades com crianças.  Há opção também de participar apenas do Intensivo da manhã e das Jams a noite (veja na ficha de inscrição). Todos os inscritos poderão dormir e se alimentar na Casa Cultural Tony Petzhold observando as condições que posteriormente comunicaremos.

O que: Festival Sul em Contato
Quando: de 12 a 14 de outubro de 2018
Local: Casa Cultural Tony Petzhold (Av. Cristóvão Colombo, 400). Porto Alegre - RS
Inscrição: R$ 450,00 (duas vezes de R$225,00) ou R$ 500,00 no dia. 
Somente Intensivo: R$ 350,00 (duas vezes de R$175,00) ou R$ 400,00 no primeiro dia do evento
Oficinas da tarde: R$ 30,00 para um adulto com criança, R$ 40,00 para um adulto e duas crianças e R$ 50,00 para dois adultos e duas crianças
Jams: R$ 10,00 (sugestão mínima)



Contato: sulemcontato@gmail.com












Marisa Fernandez Nasceu em 12 de outubro de 1974 em Buenos Aires (estará conosco no seu aniversário!), Argentina. Sua formação inclui estudos de expressão corporal, dança moderna e contemporânea, Release Technique, Laban, composição, Aikido, Feldenkrais, Body Mind Centering, Técnica de Alexander, pedagogias de dança e acrobacia. Pratica Contato Improvisação desde 1994 e foi aluna de Alma Falkenberg, Nancy Stark Smith, Ray Chung, Martin Keogh, Andrew Harwood, Alito Alessi (DanceAbility), Lisa Nelson (Tuning Score), entre outros. Apresentou em Buenos Aires diversas performances de dança como diretora e bailarina solo e em grupos. Trabalha com crianças desde 1998 e dirige a Escola de Dança Chicos a Bailar http://chicosabailar.com

Fernanda Carvalho Leite é bailarina, atriz e pratica Contato Improvisação desde 1998. Tem Especialização em Pedagogias do Corpo e da Saúde e é Mestranda em Artes Cênicas na UFRGS. Publicou o artigo “Contato Improvisação, um diálogo em dança” que pode ser acessado aqui .  Mãe do Juan que nasceu em dezembro de 2013. 

Fernanda Bertoncello Boff é artista e professora Licenciada em Dança pela UFRGS. Desde 2009, tem atuado nos campos da dança e do circo, dedicando seu trabalho e pesquisa à infância.  Em 2015, ao ser contemplada com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014, começou a desenvolver o projeto “Pequenices”. O espetáculo “Pequenices: minipeça viajante de dança” já participou do Porto Alegre em Cena Inclusão em Cena; da IX Jornada de Dança da Bahia; e recebeu o Prêmio Açorianos de Dança 2017 nas categorias Direção e Cenário. Além disso, atua no projeto de dança para crianças “Guia Improvável para Corpos Mutantes” desde 2012, concepção de Airton Tomazzoni. Como professora de dança, atuou em escolas de educação infantil (2009-2012), desenvolveu a oficina “Esse corpo que mexe – dança para crianças” no Azul Anil Espaço de Arte (2012-2014) e a oficina de "Videodança para Crianças" na Casa de Cultura Mario Quintana (2017), também fez parte do quadro de professores da Escola Preparatória de Dança de Porto Alegre (2014-2016) . Desde 2013, ministra aulas regulares de Arte Circense para Crianças na Casa Cultural Tony Petzhold.

Guadalupe Rausch é professorartista, contateira e performer. Graduada em Licenciatura em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem formação no Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre. Atualmente se dedica às pesquisas relacionadas ao movimento. Fez duas formações com o Projeto Segni mossi (Dança/Desenho – Itália). Fez também formação em magistério e atuou como professora de crianças de 2 a 10 anos. Também tem formação em meditação e palhaçaria. É idealizadora do projeto Desenhança. 

Juliana Sapper é professora de música, musicista e contateira, licenciada em Música pelo IPA e graduada em Pedagoga pela PUCRS. Dedica-se a educação musical desde 2009 onde já trabalhou em diversos contextos tais como Musicalização para bebês e crianças, Projetos Sociais, Oficinas para professores e Música no Ensino regular com ed. Infantil e Ensino Fundamental I. Em sua carreira artística canta no  naipe das sopranos no grupo vocal UPA, desde 2016, integra a bateria do bloco feminista Não mexe comigo que eu não ando só tocando repique e, desde 2013 é integrante do núcleo de música corporal Batukatu, com o qual pode participar do processo de criação e performance do espetáculo "Baque Diferente".

Sahaj é pesquisador do corpo, psicológo, terapeuta corporal,  capoeirista, bailarino e performer. Integra o Coletivo Moebius de dança contemporânea, GEDA Cia de Dança Contemporânea e o Grupo Ibeji de danças tradicionais yorubá. Co-criador do Duo pelo Mundo, projeto que engloba a prática do contato Improvisação, performance e videodança junto com a companheira e bailarina Priya Mariana Konrad. Pratica contato improvisação desde 2011, entre  laboratórios, jams e festivais pelo Brasil, Uruguai e Argentina. Co-produtor dos Festivais anuais de Contato Improvisação, Sul em Contado em Porto Alegre e Encontro Diamantino na Chapada Diamantina  -Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário